Scooters: Elite vs PCX vs SH 150. Qual é seu estilo?

Como já havíamos dito em outro post, o começo de 2019 foi um ano com um grande número de emplacamento de scooters, representando um aumento de 13,3% no segmento em relação ao ano passado. E não é para menos, as scooters são veículos mais leves, fáceis de pilotar e são super econômicos.

Quem procura por um scooter urbano, de fácil pilotagem e que seja econômico pode ficar em dúvida sobre qual é a melhor opção entre a nova Elite 125, PCX 150 e a SH 150. Todas as três são fabricadas pela Honda e todas possuem praticidade e baixo consumo de combustível.

Então, para te dar uma mãozinha, faremos um comparativo entre as três e descobriremos qual delas é a que mais combina com seu estilo. Vamos lá?

Elite 125

A Honda Elite 125 chegou este ano ao Brasil e fez um tremendo sucesso logo de cara. Sua leveza e relação custo-benefício, garantiram sua fama e espaço na disputa de hoje.

Criada para integrar o time de scooter da Honda, a nova Elite 125 chega como uma opção mais acessível, porém com muita tecnologia, design e desempenho. Seu preço sugerido é de R$ 8.250, um valor ótimo para quem busca um veículo econômico para o dia a dia.

O design lembra uma scooter mais robusta e recebe mais destaque na parte frontal em LED. As linhas dão um tom imponente e estiloso. As lanternas não são em LED. Nas ruas de Santos, onde aconteceu seu lançamento oficial pela Honda, a aprovação visual foi imediata, todos paravam ao para ver.

 

 

 

 

No quesito praticidade, a Elite não decepciona. Você é capaz de levar na coluna do guidão aquela garrafa d’água com estilo e outro objeto ao lado. O gancho para sacolas é extremamente útil e suporta 1,5 quilos e ainda embaixo do assento há o famoso espaço espaço de 20 litros, que permite até 10kg. Na pisada, por fim, um assoalho plano e dos maiores, de acordo com a Honda.

PCX 150

Bonita, prática e econômica. É assim que podemos descrever a nova Honda PCX 150. Como já diz o ditado, “em time que está ganhando não se mexe”, e a Honda sabe disso melhor que ninguém. O modelo 2019 da PCX trouxe novamente a economia de combustível, facilidade de condução e praticidade como principais atributos.

No entanto, a nova versão tem como destaque a nova suspensão traseira, pneus mais largos, Smart Key e ABS. O painel é digital, com iluminação em LED.

Além disso, precisamos destacar o conforto e tecnologia encontrados na PCX. O banco recebeu mudanças para oferecer um pilotar mais confortável e sistema Idling Stop de desligamento automático do motor quando estiver parado e acionando imediatamente assim que acelerar.

A capacidade do compartimento aumentou em cerca de 1 litro, e agora suporta um total de 28 litros, sendo a maior capacidade das scooters desse segmento.

SH 150

A Honda SH 150 não fica para trás em relação às suas irmãs e também conta com câmbio automático CVT, além de ser econômica e prática.

Um dos grandes fortes da SH 150 é sua potência tornando-a mais esperta na arrancada, mas em velocidade de cruzeiro chega a 115 km/h – no velocímetro. Além de ter uma potência interessante, a SH também tem mais torque, são 1,4 kgf.m se comparado aos 1,36 da PCX. É fácil notar essa força quando transportar garupa e precisar encarar ladeiras, situações que o SH se mostrou bem eficiente.

Com grandes rodas de 16 polegadas, o oxigenado motor de 149,3 cc (e 14,7 cv) e o conjunto de freios a disco com ABS nas duas rodas, a SH não vai te deixar na mão quando o assunto é pilotagem confortável. Há também o belo conjunto óptico dianteiro, totalmente em LED, o sistema Idling Stop (start-stop, como na PCX) e a tecnologia SmartKey.

Você dá o veredito!

Levantamos as vantagens que cada uma possuí e sabemos que todas elas são ótimas, por isso cabe a você decidir qual scooter venceu esta disputa e mais combinou com seu estilo. Gostou do nosso post? Confira também nossas dicas para saber o que avaliar quando decidir trocar de moto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *