Técnicas essenciais para pilotar uma moto com segurança

O baixo custo de aquisição de uma moto faz com que ela se torne a principal opção de compra para quem precisa de um meio de locomoção mais econômico e prático. No entanto, os motociclistas ficam com o corpo exposto e toda essa praticidade irá exigir que você saiba como pilotar uma moto com segurança.

Os apelos emocionais que nos levam a ter prazer por dirigir uma moto são bastante instigantes, mas não podemos nos descuidar, pois os percursos são mais arriscados e um bom motociclista deve manter a atenção redobrada.

Nós também amamos motos e, pensando nisso, vamos te passar algumas dicas essenciais para que possa curtir essa paixão em duas rodas de maneira mais segura.

Antes de tudo: acessórios

O primeiro passo para uma pilotagem segura é utilizar todos os equipamentos de segurança. Confira quais são os itens principais para diminuir o risco de sofrer acidentes graves:

Capacete

O capacete aberto pode parecer legal e até mesmo mais confortável que os demais, mas não é o recomendado para longas voltas. Em um acidente mais sério, modelos abertos protegem a nuca, mas deixa você desprotegido e com o risco de sofrer lesões no rosto.

O ideal são capacetes fechados, principalmente se você percorre longos trajetos para trabalhar ou estudar. No entanto, se ainda optar pelo modelo aberto, invista em um capacete “robocop”, que é fechado, mas possui a possibilidade de abrir a dianteira.

O valor de um bom capacete pode variar entre R$ 200 e R$ 3.000.

Calça e Jaqueta

Em qualquer situação que esteja, saiba que conforto também resulta em uma pilotagem segura. Uma calça e jaqueta de boa qualidade é tão importante quanto um capacete, inclusive no caso de um acidente de moto.

Por lei, elas não são obrigatórias, mas há muito tempo elas são parte fundamental da lista de acessórios dos motociclistas mais experientes. O mercado oferece uma grande variedade de calças e jaquetas: couro, tecido, airbag e até mesmo aquecidas.

Na busca por calça e jaqueta, certifique-se de adquirir um produto que atenda, no mínimo, todos os requisitos de segurança.

Luva

Ela é ignorada pela grande maioria dos motociclistas, mas são um dos itens de segurança mais importantes.

Uma luva adequada é capaz de melhorar a pegada nos punhos e manetes de embreagem e freio, ajudando na pilotagem e, claro, protegendo contra baixas temperaturas, chuva e até mesmo de pedras e lascas jogados pelos pneus de outros automóveis.

Sem falar no conforto que elas proporcionam, evitando os calos desagradáveis nas mãos.

Revisão básica na moto

Antes de sair para qualquer lugar com sua moto, faça sempre uma mini revisão de alguns itens, prevenindo assim alguns problemas durante a pilotagem.

Alguns do itens mais básicos que se deve levar em conta são: se o capacete está em bom estado e é aprovado pelo INMETRO, a folga da corrente, a calibragem dos pneus, se as setas e o farol estão funcionando, se os retrovisores não estão folgados e desregulados e, principalmente, se a quantidade de combustível é suficiente para a viagem que pretende fazer.

E neste último caso, vale ressaltar que dependendo do estado de conservação da moto, o mostrador de combustível pode não ser confiável, por isso, abra o tanque e confira visualmente.

Pilotar uma moto com segurança no trânsito

Agora que está tudo certo para sair com sua moto, vamos ao ponto da segurança que depende inteiramente de você: a atitude no trânsito.

Sinalização

Os motociclistas possuem as mesmas obrigações com as leis de trânsito que demais veículos automotores, por isso, você deve respeitar todas elas rigorosamente. Não ultrapasse no sinal amarelo/vermelho apenas por ter a impressão de que “dará tempo” e fique atento também à faixa de pedestres e placas de “pare” e de preferência.

Ferir estas normas de trânsito pode custar, além de uma multa, sua vida e de demais pessoas.

Mantenha-se no campo de visão

Como ficamos em uma posição bastante vulnerável, precisamos nos manter o máximo possível no campo de visão dos outros veículos. Evite ficar nos pontos cegos dos carros e manter os faróis ligados tanto de dia, quanto à noite.

Isso explica o motivo dos motociclistas mais experientes terem capacetes e jaquetas coloridos, isso ajuda a serem vistos mesmo pelos motoristas mais distraídos.

Fique em uma distância segura

A distância pode salvar sua vida. Imprevistos acontecem e caso esteja muito “colado” ao veículo à sua frente, você pode correr o risco de se chocar com o mesmo. Em alta velocidade é ainda pior, por isso, quanto mais rápido você estiver, maior deve ser a distância do veículo à frente.

Manobras seguras

Sempre que for necessário ultrapassar algum veículo, o faça de modo seguro e SEMPRE pela esquerda. Não se esqueça de respeitar as sinalizações e observar bem o caminho à sua frente, tal como reduzir a velocidade conforme criar distância entre você e o veículo.

Conclusão

Como pode ver, para pilotar uma moto com mais segurança é preciso que o motociclista tenha uma boa conduta e cuidado. Não é algo que parte dos outros, mas sim de você.

Segurança no trânsito é sempre um assunto de extrema importância. Você sabia que mais de 40 mil pessoas por ano morrem por conta de acidentes? Essas estatísticas fizeram com que a Motoasa elaborasse a palestra Harmonia no Trânsito.

Essa palestra busca provocar uma reflexão nas pessoas, de modo que influencie em seu comportamento e leve a uma mudança de atitude. É muito importante que faça uma avaliação sobre a forma com a qual conduz seu veículo.

Quer saber mais? Veja nossa matéria completa falando tudo sobre a palestra Harmonia no Trânsito.

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *